Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: SERTANEJO GOSPEL

Das 07:00 as 08:00

No comando: JORNAL VIROU NOTICIAS

Das 09:00 as 10:00

geracao-gospel2
No comando: Geração Gospel

Das 09:00 as 11:00

No comando: Estação Gospel

Das 10:00 as 11:00

No comando: Entendendo a Bíblia

Das 11:00 as 11:25

No comando: Na Contramão

Das 11:30 as 11:55

No comando: Matando Saudade

Das 11:55 as 12:55

No comando: Top Gospel

Das 13:00 as 14:00

No comando: Encontro Gospel

Das 14:00 as 15:00

No comando: Caminhos da Verdade

Das 16:00 as 16:30

No comando: 180 Graus

Das 16:30 as 16:55

No comando: Louve e Adore

Das 20:00 as 21:45

No comando: Gospel Night

Das 23:00 as 23:30

Estado Islâmico anuncia que cristãos terão um “Natal sangrento”

Compartilhe:
Imagem sugere que haverá ataque ao Vaticano

Após as sucessivas derrotas que pôs fim ao califado do Estado Islâmico no Oriente Médio, os jihadistas voltam suas energias para a realização de atentados em várias partes do mundo em nome do grupo.

Eles divulgaram na internet um cartaz que promete aos cristãos um “Natal sangrento”. A imagem mostra um homem em carro próximo ao Vaticano com uma arma e uma mochila. No espelho retrovisor, um rosto mascarado. O aviso, em inglês, diz: “aguardem” e a figura da Basílica de São Pedro, onde o papa Francisco realiza missas públicas deixa claro que o alvo escolhido remete a um símbolo do cristianismo.

Não é a primeira vez que os jihadistas do EI incentivaram ataques terroristas durante a semana do Natal. Em 2015 ocorreu um atentado em San Bernardino, EUA, e no ano passado um ataque com um caminhão em Berlim deixou 12 pessoas e feriu outros 56.

As agências de segurança internacionais têm alertado que, com o fim do califado, milhares se jihaditas que lutavam na Síria e no Iraque estão voltando para suas casas na Europa. Os ataques do tipo “lobo solitário” têm se multiplicado sendo que, na maioria dos casos, fica evidenciado que os terroristas tinham algum tipo de contato com o Estado Islâmico.

Em agosto, os jihadistas publicaram um vídeo falando de um ataque ao Vaticano, que embora seja um país, geograficamente fica em Roma. “Lembrem-se disso, infiéis, nós vamos estar em Roma, se Allah quiser”, brada um soldado que se identifica como Abu Jindal. Em seguida, o grupo põe fogo em uma igreja. “Depois de todos os esforços, a religião dos cruzados é que será destruída”, diz o narrador. Com informações The Blaze

Fonte : GP

Deixe seu comentário: